sexta-feira, 14 de novembro de 2014

[REVIEW DE SHOW] Behemoth: South American Satanist Tour em Curitiba


Créditos: Alisson Palaoro (http://on.fb.me/1swfRlz)
Os poloneses do Behetmoth após uma excelente apresentação em Novo Hamburgo/RS, pisa pela primeira vez em Curitiba/PR para uma das melhores apresentações do ano, se não a melhor.

O tão aguardado show iniciou pontualmente às 22h do dia 07/11, com o Music Hall completamente lotado, que veio abaixo quando Nergal, Orion, Seth e Inferno adentraram ao palco, com direito a fogos e atmosfera sombria. Era o Behetmoth que estava bem à nossa frente, iniciando o massacre com Blow Your Trumpets Gabriel, faixa do seu mais recente trabalho, The Satanist, lançado neste ano de 2014.


Créditos: Alisson Palaoro (http://on.fb.me/1swfRlz)

A presença de palco dos integrantes é fantástica, com Orion e Seth segurando a bronca nos backing vocals, mas o destaque, claro, fica para Nergal. Aqui, cabe um pequeno parêntese: meses antes do lançamento do álbum The Satanist, superou, ou melhor, passou por cima de uma leucemia rara e enfrentou tribunais poloneses, saindo-se vencedor das acusações de crime contra sentimento religioso, após rasgar uma bíblia em pleno show em 2007.

Com um setlist sem surpresas, apenas invertendo a faixa de abertura com a de encerramento, destilaram clássicos dos álbuns Satanica, Demigod, Thelema.6, Zos Kia Cultus, The Apostasy e Evangelion, mesclados, claro, com faixas do último álbum, o já citado, The Satanist. Destaque para Decade of Therion, Slaves Shall Serve (que contou com a participação nas baquetas de Adam Sierżęga, membro da equipe técnica polonesa que estava aniversariando naquela noite) e para o encerramento com O Father O Satan O Sun.


Créditos: Alisson Palaoro (http://on.fb.me/1swfRlz)

Após a faixa Chant for Eschaton 2000, a banda se retira do palco para um breve intervalo, voltarem mascarados e encerrar de forma épica com O Father O Satan O Sun. Enfim, um show excelente, uma noite épica, e que ficará na memória de todos os presentes. Que Nergal se recupere totalmente, que produza mais álbuns e que volte mais vezes para Curitiba com o seu Behemoth. Forte abraço e até a próxima.


Créditos: Alisson Palaoro (http://on.fb.me/1swfRlz)

Setlist Behemoth:
1. Blow Your Trumpets Gabriel
2. Ora Pro Nobis Lucifer
3. Conquer All
4. Decade of ΘΕΡΙΟΝ
5. As Above So Below
6. Slaves Shall Serve
7. Christians to the Lions
8. The Satanist
9. Ov Fire and the Void
10. Furor Divinus
11. Ludzie Wschodu (Siekiera cover)
12. Alas, Lord Is Upon Me
13. At the Left Hand ov God
14. Chant for ΕΣΧΗΑΤΟΝ 2000
Encore:
15. O Father O Satan O Sun!


Lineup Behemoth:
* Adam "Nergal" Darski – Guitarrista e Vocalista
* Patryk "Seth" Sztyber – Guitarrista e Vocalista
* Tomasz "Orion" Wróblewski – Baixista e Vocalista

* Zbigniew "Inferno" Promiński - Baterista

quarta-feira, 8 de outubro de 2014

[Agenda] ROCK + SOLIDARIEDADE

Na próxima sexta feira (10/10) rola um evento muito legal em Porto Alegre, no Graffiti Bar (Rua João Alfredo, 496) às 22 horas, acontece o "ROCK + SOLIDARIEDADE", com a Presença da Draco e da Desire Ozzy Osbourne cover.
Além de curtir essas duas baitas bandas o evento tem a melhor das intenções, que é a arrecadação de brinquedos para distribuir a crianças carentes.

INGRESSOS:

R$ 10 - COM A DOAÇÃO DE BRINQUEDO
R$ 15 - SEM A DOAÇÃO DE BRINQUEDO

INGRESSOS A VENDA SOMENTE NO LOCAL


Evento Facebook


segunda-feira, 6 de outubro de 2014

[REVIEW DE SHOW] Toxic Holocaust em Curitiba - 04/10/2014


Antichrist Hooligans - SC

Hello Thrashbangers!!! Mais uma noite insana em Curitiba. A banda americana Toxic Holocaust, capitaneada pelo lendário Joel Grind aterrissa em solo paranaense, propagando a destruição sonora do último álbum, Chemistry of Consciousness, lançado no ano passado.


Antichrist Hooligans - SC

A banda catarinense Antichrist Hooligans abriu os trabalhos, aquecendo o público para o que estaria por vir. Os caras vêm divulgando o álbum We Will Piss On Your Grave, lançado no ano passado, que mostra um Thrash que me remete aos primórdios da lenda alemã Destruction. E ao-vivo ficaram mais insanos ainda.


Blasthrash - SP

Logo depois, entrou a banda paulista Blasthrash para destilar músicas dos dois primeiros trabalhos, Violence Just For Fun e No Traces Left Behind, de 2008 e 2005 respectivamente, além de novas composições de um próximo trabalho.


Blasthrash - SP

A banda local, Poison Beer, foi uma das mais saudadas pelos presentes, que nesta hora já tornavam a pista um inferno, com circle-pit e mosh-pits insanos. Comandada por Wilson Evil Puke, mandaram músicas do seu primeiro EP, Poisoning the Priest, lançado no ano passado.


Poison Beer - PR

Era chegada a hora! Joel Grind estava entre os presentes, e, com sua inconfundível faixa no cabelo, subiu no palco acompanhado de Philthy Gnaast nos graves e Nikki Rage nas baquetas e sem muito papo, mandam Awaken the Serpent, do mais recente trabalho.


Poison Beer - PR

Alternando faixas do último disco, com faixas dos clássicos Evil Never Dies, An Overdose of Death e Conjure and Command, comandaram a pista, deixando todos os presentes extasiados. Destaque para In the Name of Science, 666 e Gravelord. A primeira parte do show encerrou com a mais que clássica e esperada da noite, sim, Nuke the Cross veio de uma forma ainda mais insana, e, quando menos esperávamos, acabou.


Toxic “Fucking” Holocaust

Na volta do bis, os caras da Toxic Holocaust fecharam esta noite espetacular, com Metal Attack e Bitch, deixando todos extasiados. Esperamos rever o mestre Joel Grind e o seu Toxic Holocaust em breve novamente por aqui.


                                                                    Toxic “Fucking” Holocaust

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Jimmy Page poderá fazer shows em 2015

Numa sessão de escuta das novas reedições do Led Zeppelin, em Londres, Jimmy Page afastou a possibilidade da banda se reunir mas adiantou que poderá tocar ao vivo no próximo ano.

Jimmy Page respondeu ontem a jornalistas de todo o mundo, após uma sessão de escuta das novas reedições do Led Zeppelin, Led Zeppelin IV e Houses of the Holy , em Londres.

O guitarrista e produtor afastou a possibilidade do Led Zeppelin voltar a tocar junto, mas disse pensar em shows  em 2015.

"Se tocar ao vivo novamente, será com músicos que ainda não escolhi", disse. "Devo fazê-lo no próximo ano, e  tocarei certamente material de toda a minha carreira, incluindo os primeiros anos - Yardbirds, etc. E apresentarei material novo também. Eu adoro verdadeiramente tocar ao vivo e os shows são um desafio interessante e aventureiro. Quero fazê-lo".


Fonte: Blitz 

Calendário do Rock: 01 de Outubro

1947 – Martin Turner– baixista do Wishbone Ash nasce em Torquay, Inglaterra.



1975: Morre Al Jackson assassinado em sua residência por um ladrão. Baterista dos MG's e lendário músico da gravadora Stax Records, acompanhou gigantes do soul como Otis Redding, Sam & Dave e Wilson Pickett. Tinha 39 anos.

1994: Morre baleado Joe Rowan, da banda Nordic Thunder numa discussão depois de um concerto.

2004 – Bruce Palmer, baixista do Buffalo Springfield, morre de ataque cardíaco aos 58 anos.

Fatos importantes - 01 de Outubro
1956:
É lançado na Inglaterra o LP "Rock and Roll Stage Show" de Bill Haley.
1964: O selo Vee Jay Records tenta faturar alguns trocados lançando um LP com músicas dos Beatles e os Four Seasons chamado "The Beatles Vs. The Four Seasons." O álbum chega no seu ápice ao No. 142.
1967:
A BBC estréia a estação "Radio One", baseando-se nas rádios de rock 'n' roll americanas.
1967
: O Pink Floyd chega nos Estados Unidos para sua primeira excursão americana.
1970: Jimi Hendrix
é enterrado em sua terra natal, Seattle, Washington.
1970:
Sem conseguirem ingressos para o concerto dos Rolling Stones, realizado no Sports Palace em Milano, duas mil pessoas indignadas, vão a loucura, saqueando e destruindo tudo que encontram pela frente. Sessenta e três pessoas foram presas.
1971: Gene Vincent, após ensaiar 12 músicas para uma excursão na Inglaterra, grava outras cinco na Radio One da BBC, que acabaram saindo no LP "The Last Sessions". Vincent conseguiu honrar dois shows, respectivamente dias 3 e 4 de outubro no Wookey Hollow Club em Liverpool. Em seguida saiu voando de volta para Califórnia e para o hospital. No dia 12 de outubro de 1971, Gene Vincent morre de uma úlcera hemorrágica no Intervalley C. Hospital, em Newall, Califórnia. Apaga-se a estrela rara de um dos roqueiros mais autênticos e grande mito da primeira geração do rock.
1980: Estréia em Nova York o filme "One Trick Pony" de Paul Simon. O filme é uma semi-biografia de Simon e inclui a participação de Lou Reed, Sam & Dave, the B-52's e the Lovin' Spoonful.
1970:
Como que prevendo sua morte iminente, Janis Joplin resolve refazer seu testamento, que já havia sido feito em 1968. Enquanto antes todos seus bens haviam ficado para seu irmão, Michael, desta vez ela deixa metade para seus pais e o restante a ser repartido entre seus irmãos e os amigos, reservando dois mil e quinhentos dólares para uma festa no dia da sua morte.
(thisdayinrock, wikipedia e whiplash)

terça-feira, 16 de setembro de 2014

Sigma 7 assina contrato com gravadora de SP

A semana começa com uma ótima notícia para a cena rockeira, a Banda Sigma 7 fechou contrato com a gravadora paulista Genesis Music, confere a nota oficial da banda:

"Ae galera ! É com muito orgulho que anunciamos que a SIGMA 7 acaba de assinar um contrato com a gravadora GENESIS MUSIC de São Paulo. Contaremos com o apoio de Waldemar Marchetti do GRUPO EDITORIAL ARLEQUIM e com o renomado produtor musical MANOEL BARENBEIN,  responsável por discos incríveis e revolucionários de artistas como: Jorge Ben (Força Bruta e
Jorge Ben 1969), Gal Costa (’69) com a íncrivel gravação de “Baby”, Os Mutantes, e o histórico Tropicália (com Gil, Caetano, Mutantes, Duprat e Tom Zé) e atualmente é produtor musical da REDE RECORD. 


O lendário Tropicália ficou em 2º na lista da Rolling Stone Brasil
dos 100 maiores discos da Música Brasileira
Queremos agradecer a todos que nos apoiaram ate hoje, principalmente a nossas famílias, amigos e parentes que sempre acreditaram em nos, muito obrigado, em breve teremos outras novidades pra vocês".

Parabéns aos irmãos da Sigma 7, e seguimos juntos na luta.

E vamos de Sigma 7 na trilha de hoje:

domingo, 7 de setembro de 2014

Gene Simmons decreta a morte do Rock

Para Gene Simmons, a indústria musical não dá mais a mesma atenção ao gênero, como fazia nas décadas de 1960 e 1970.

Um dos grandes ícones do rock, o baixista e vocalista do Kiss, Gene Simmons, declarou que o gênero está, enfim, “morto”. Em entrevista à revista americana Esquire, conduzida pelo seu próprio filho, Nick Simmons, o músico criticou a indústria musical por não apoiar devidamente os artistas do estilo, do modo como fazia nas décadas de 1960 e 1970.
“Existia uma indústria inteira pronta para ajudar os próximos Beatles, Stones, Prince, Hendrix. Hoje, as gravadoras se dedicam ao pop, rap e country. Mas aos músicos e compositores de rock, soul, blues, o mercado está morto. O rock, enfim, está morto.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...